Blog do Rafael Cortez

27/10/2008

32 anos...

Sábado, 25, foi meu aniversário. 32 anos. Caramba...

 

Poderia escrever um monte de reflexões acerca do fato que ficar velho é, a um só tempo, amadurecer e ter mais e mais saudades... como as que eu tenho de um tempo singelo em que fazer anos era receber “ovada” na saída da escola e voltar feliz da vida pra casa... ou daquele aniversário de 12 anos em que meu pai me olhou orgulhoso nos olhos e jogou refrigerante na minha cabeça durante o momento do bolo (e eu fiquei morrendo de alegria de ser motivo de orgulho do meu pai, que retribuiu esse carinho com uma piada dessas, haha!)    

 

Hoje é foda. To numa daquelas fases em que aniversariar tende a significar só ficar mais velho. A gente tem que fazer um esforço para assimilar que esse envelhecimento, depois dos 30, não é só a observação silenciosa e triste de que o corpo tem mudado e galga seus passos à velhice de 30 anos à frente...  é preciso fazer uma forcinha e ver o corpo espiritual separado do corpo físico: esse caminha sempre em rota ascendente. Neste sentido, aniversariar depois dos 30 é só se ver melhor.

 

Pensando assim, sou um tremendo privilegiado. Quem me conhece sabe que loucura foram meus 31 anos... e que revolucionários foram esses meus últimos 12 meses de vida: da viagem pra fora do país ao CQC e tudo que ele me trouxe – incluindo a maior parte de vcs hoje.          

 

Portanto, sendo vcs tão especiais, só me cabe agora agradecer. Passei o dia todo de hoje lendo centenas de recados carinhosos e votos de felicidades que recebi de sábado pra cá. E continuo recebendo!

 

Sábado eu tava meio out: acordei tarde depois da farra de sexta e já saí correndo para o casamento de uma amigona, a Leca, num sítio longe daqui. Foi bem emocionante vê-la toda feliz... e a festa tava demais! Pena que não aproveitei muito – nada de álcool e trate de voltar cedo pra casa... o domingo de eleições municipais mais uma vez exigiu muito de todo o CQC (vcs conferem tudo hoje).

 

Em resumo, sábado e ontem eu tava fora do ar. E hj fiquei impressionado com tanta coisa boa que recebi de tanta gente igualmente boa.

 

Não dá pra agradecer nome por nome porque eu certamente darei gafes... esquecerei de uns e correrei o risco de ser injusto. Fora que são muitas pessoas e o tempo urge...

 

Quero agradecer de modo geral todo mundo que me escreveu aqui no blog desejando parabéns... todos que fizeram o mesmo no Orkut (via msg pessoal, recado e depoimento), no meu Yahoo, no e-mail do site, no Bol, no Hotmail e até mesmo nos endereços virtuais do CQC.

 

Valeu meninas das comunidades criadas em meu nome – valeu pela carta gigante da turma da LRC. Valeu pessoal que participou do meu chat na UOL sexta e que mandou tanta coisa boa - além de perguntas legais.   

 

Vi todos os desenhos, animações, montagens, fotos e vetorizações criadas especialmente pra mim. E fiquei feliz demais com os vídeos que foram desenvolvidos especialmente pra me homenagear – um abraço e muito obrigado ao trabalho das Las Cortezas, Andriza Lima e Samanta Damiani, turma da comunidade CQC Brasil do Orkut e  meninas do Estrelas_CQC. Assisti bem feliz a cada vídeo de vcs – e se deixei de citar algum trabalho de alguém é porque ainda não devo ter visto!!! Me corrijam, por favor, que depois adiciono aqui.

 

Gostei muito de ver vcs se apropriando de coisas do meu mundo para me homenagear: da incrível Nara Leão ao Public Enemy, passando por Seinfeld, minha sobrinha Clara e o violão.

 

Valeu tbm pelos sms de quem tem meu telefone e por toda sorte de recados, presentinhos, bilhetes, cartas e coisas carinhosas que me foram enviadas ao longo da semana.

 

Em resumo, esse post era só pra agradecer mesmo... espero que vcs entendam que não pude dar retorno a cada coisa mais pessoal e que meus agradecimentos vão de uma vez por aqui.

 

Para retribuir todo carinho, um presente meu para vcs: essa foto é de autoria de meu pai, José Gustavo Cortez. Até então ninguém nunca me viu com um ano de idade... e muita gente duvidou se eu era mesmo um bebê gorducho e loiro de verdade.

 

Pois é, tirei a imagem do meu mural de fotos do quarto e scaneei pra todos aqui. Desculpem, ela está pequena... quando a aumento, a resolução fica bem ruim... 

 

É meu modo de dizer um pouco mais que “obrigado”.

 

Um abraço carinhoso a todos e todas!

 

Rafa 

 

Por Rafael Cortez às 17h26

Sobre o autor

Rafael Cortez, 33 anos, ator, jornalista e violonista.

Já foi redator de texto erótico para celular, produtor de teatro, circo e TV, assessor parlamentar de uma vereadora de São Paulo, atendente de videolocadora, organizador de mais de 60 festinhas infantis e tem DRT de Palhaço. Gosta de Nara Leão, Public Enemy, lasanha e que cocem suas costas com as unhas. Está na TV como um dos repórteres do programa CQC, da Tv Bandeirantes.

Sobre o blog

Espaço para textos reflexivos, ácidos e que busquem alguma inteligência. Local para reflexões artísticas e culturais diversas. Não, aqui você não encontrará fofocas sobre o meio das celebridades. Não, aqui você não verá piadas a todo tempo... Mas se o autor se esforçar, você poderá ler alguma coisa boa. E contribuir comentando com algo melhor...

Histórico