Blog do Rafael Cortez

17/06/2009

Depois da trovoada

Muita coisa boa para contar depois de uma rápida trovoada interior.

 

Dividi isso com vcs através do meu poema, apesar de ser contra a exposição de algo tão pessoal através de uma criação ainda mais íntima. Agradeço a quem me entendeu e ofereceu carinho, amizade e palavras acolhedoras. E garanto a todo mundo aqui: ta tudo bem. Só precisava cessar tudo com o meu rito de passagem – que, no meu caso, envolve quase sempre uma música ou um poema.

 

Como eu já previa, encerrar algo para mim com uma despedida pública motivou o surgir de uma série de coisas boas! E foi dessas coisas que me alimentei o dia todo.

 

O mais excitante: o programa do Loreno estreou! Ele e eu assistimos juntos aqui de casa. O Loreno permaneceu de olhos fechados o tempo todo. Segundo ele, mais importante que ver era sentir. E ele recomenda a todos que o assistam com o coração e o sintam com as mãos. No caso das mulheres, ainda segundo ele, é possível que cada uma de vcs, moças bonitas, o sinta com a ponta dos dedos – e de noite, debaixo de seus lençóis, em segredo e envoltas em risinhos obscenos.

 

Terça que vem, no mesmo horário, ele estará de volta. Com novidades – ganhou uma roupa nova e tem surpresas. E a plantinha dele está grande e cada vez mais verde. Segue uma parte do programa no Youtube :

 

 

E tem mais um pedaço aqui... mas falta um bom trecho do programa total. Vejam tudo em www.clictv.com.br!

 

 

Mais: sexta, dia 19 agora, vou participar da 9ª Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto – a segunda maior a céu aberto do Brasil. Só vai ter gente fera lá: Augusto Cury, Carlos Heitor Cony, Cristovão Tezza, Fernando Morais, Márcia Tiburi, Marcelo Rubens Paiva, Mário Prata, Marçal Aquino, Moacyr Scliar, Pedro Bandeira, Ricardo Kotscho, Rubens Ewald Filho, entre muitos outros. E, no meio desse timão, to eu lá... lançando meus audiolivros do Machado de Assis na “Sala de Idéias” (salão principal) do Theatro Pedro II.

 

A apresentação é gratuita. O teatro tem capacidade para 1500 lugares e as senhas são distribuídas uma hora antes. É gente pra dedéu, e duvido lotar. Mas, de todo modo, estou MUITO FELIZ de fazer parte dessa programação tão deslumbrante e de grande enriquecimento cultural...e agradeço, desde já, o convite de Ribeirão e o excelente trabalho da Marina Pereira, minha amiga, que abraçou esse projeto e me representou tão bem em todas negociações e trâmites da minha ida.

 

Garanto ao povo dessa cidade incrível: vou levar meu violão. Vou tocar, falar, bater papo, responder questões, tirar fotos, curtir muito e fazer vcs curtirem junto. Vai ser ducaralho!

 

 

 

 Depois, sábado de manhã, dia 20, vou a Brasília... terei um encontro bem legal com estudantes na minha palestra envolvendo Jornalismo de Entretenimento. Vou exibir, pela primeira vez, a íntegra do meu TCC na PUC em 2004... para cerca de 500 estudantes. Vai ser no Espaço Cultural 508 Sul - É o Fórum Radcal de Mídia e Juventude - vai ser repleto de oficinas, debates, filmes e atividades culturais.

A pré-inscrição pode ser feita até o dia 18... em www.jornalradcal.com.br... E a inscrição só será confirmada no credenciamento mediante a doação de um quilo de alimento não perecível. Mais informações no (61) 3322-7801

 

 Vai ser fantástico encontrar essa galera. Quem me conhece sabe bem: de todas as repercussões que ganhei com o CQC, nada me anima mais em termos de contato com o público do que minhas palestras em Universidades. É qdo posso entender como as turmas de hj recebem a nossa profissão... e se as faculdades e professores estimulam o espaço de experimentação (que é o mais sagrado para mim dentro de uma sala de aula. É onde os jovens afloram seus talentos e enterram um pouco essas premissas fatalistas do mercado de trabalho e suas mentiras).

 

 

 

 Que mais? A revista Criativa desse mês publicou um poema meu – “O Ninar”. Quem gostou do poema de ontem pode curtir o que ta lá.

 

 Sim, me rendi ao Twitter. Eu e o Loreno, cada um com um perfil. E nenhum de nós sabe mexer nessa pôrra direito – ou melhor, nenhum de nós se esforçou ainda para entender como funciona ou criar maior interatividade. O Loreno fez o dele amarradão. Disse que quer plantar uma árvore por amigo. Eu fiz o meu depois de uma série de vantagens que o Danilo e o Oscar me disseram que o Twitter tem. Vamos ver... 

 

Meu Twitter - http://twitter.com/cortezrafa

Twitter do Loreno - http://twitter.com/passaroloreno

 

 Mais coisas legais: dia 30 de julho, quinta, tem meu primeiro recital de violão em São Paulo desde 2006, qdo me apresentei no Centro Cultural SP. Vai ser num espaço pequeno e aconchegante, apenas para poucos e queridos amigos... mas com ingressos disponíveis para venda daqui a alguns dias. Aviso mais.

 

 E promessa é dívida: dias 08 e 09 de agosto, sábado e domingo, estarei em Curitiba. Recitais de violão na cidade. Escolhi essa apaixonante cidade cultural, onde se ouve boa música e se faz os melhores espetáculos, para estrear minha série de concertos públicos que celebram o lançamento do meu CD. Na ocasião, o CD ainda não estará disponível... mas até o fim do ano sai – se tudo der certo!   

 

 Eis aqui uma reprodução do óleo sobre tela de meu tio Guilherme de Faria, pintor e escritor... tenho pensado muito nessa obra como capa do meu disco ou como bônus no encarte.

 

 

 

Por fim, quero mostrar pra vcs uma versão do meu poema de ontem de madrugada... versão essa criada por uma admiradora do programa e admiradora do meu trabalho. Ela chama Gaby. E adaptou a minha despedida do amor que, nas mãos dela, passou a ser um convite para uma nova empreitada romântica. Eu adorei o que ela fez: pela sensibilidade, talento e beleza. E por saber oferecer um alento qdo a gente precisa. Valeu Gaby!

 

Veio
Inicia-se e para sempre

Sobre o resto de um amor descrente

E no doce que será, sim

Inicia-se



Com o calor de um amor ardente

Assim será

Eternamente

Para sempre

Inicia-se esse amor crescente

 

 

Onde?
Onde iniciará esse amor ardente?

Aqui estou presente!

Pronta para findar aquele outro amor INTERMITENTE

E iniciar novo amor caliente



Dou-te
Esse primeiro poema latente

Pra dizer para tua boca e mente

Que amar-te-ei a todo tempo, crente

É saber que amar a ti é coerente


Amo-te

 

 

 Um abraço a todos!

 Rafa     

  

Por Rafael Cortez às 02h31

16/06/2009

Poema da madrugada

Finda à revelia a história de amor

(Rafael Cortez)

16-06-09

  

 

Foi-se

Acabou, para sempre

Como resto de um amor descrente

No doce que foi, sim

Acabou-se.

 

Como saldo de um amor ardente

Parece que se foi,

Eternamente  

Para longe

Acabou o amor penitente

 

Onde?

Para onde foi o amor que sente

Que esse mesmo amor presente

Ao findar outro amor, perene

Vai cessar velho amor distante?

 

Dou-te

Esse único querer latente

Pra dizer pra tua boca e mente

Que amar a um só tempo, crente

É saber que partir é coerente

 

Fui-me.

Por Rafael Cortez às 02h21

Sobre o autor

Rafael Cortez, 33 anos, ator, jornalista e violonista.

Já foi redator de texto erótico para celular, produtor de teatro, circo e TV, assessor parlamentar de uma vereadora de São Paulo, atendente de videolocadora, organizador de mais de 60 festinhas infantis e tem DRT de Palhaço. Gosta de Nara Leão, Public Enemy, lasanha e que cocem suas costas com as unhas. Está na TV como um dos repórteres do programa CQC, da Tv Bandeirantes.

Sobre o blog

Espaço para textos reflexivos, ácidos e que busquem alguma inteligência. Local para reflexões artísticas e culturais diversas. Não, aqui você não encontrará fofocas sobre o meio das celebridades. Não, aqui você não verá piadas a todo tempo... Mas se o autor se esforçar, você poderá ler alguma coisa boa. E contribuir comentando com algo melhor...

Histórico