Blog do Rafael Cortez

19/08/2010

Notas breves e texto teen sobre Humoristas e a Cobertura Eleitoral

Fala povo...

Tô bem sumido dessas bandas virtuais... mas a culpa é da agenda doida que não me deixa fazer nada além do previsto... mas que, graças a Deus, é uma agenda maravilhosa.

Quem entrou no meu site recentemente (www.rafaelcortez.com) viu que AGOSTO virou um mês tomado de coisas. Nunca fiz tantos shows solo e participei de tantos encontros e eventos. Tbm estou gravando bastante no CQC, o que sempre é muito bom, e a vida pessoal anda às mil maravilhas. Enfim, não posso reclamar de nada. O fato de não escrever mais com tanta frequência aqui se deve a uma vida que eu queria muito como minha, e hj, de fato, é!

Ando bem feliz com tudo que tem me rodeado. O coração podia estar mais amparado, é verdade, mas tudo tem que acontecer na hora certa. Mas eu equilibro bem as coisas, e o rumo dos meus projetos anda me divertindo e desafiando demais!

A propósito, quero chamar todos que podem ir à Bienal Internacional do Livro de SP para um evento bem bacana: domingo agora, no último dia desse mega-encontro literário, rola uma mesa bem legal... "Fazer Humor é Coisa Séria", comigo, Maurício Kubrusly, Hélio de la Peña, Paulo Caruso e a Guta Stresser. Vamos debater se o Humor é capaz de criar também uma reflexão, além de divertir. Vai ser às 13hs no Salão de Idéias da Bienal - de graça, mas vcs precisam ficar espertos com a lotação da sala! Visitem o site da Bienal: www.bienaldolivrosp.com.br

Em seguida, às 15hs, farei uma sessão de autógrafos do audiolivro QUINCAS BORBA, de Machado de Assis. É o quarto e último audiolivro do mestre narrado por mim e produzido e lançado pela Editora Livro Falante. Apareçam!

Depois, domingo que vem, dia 29, estarei em BH com meu solo "De Tudo Um Pouco" para uma única apresentação. Vai ser no Teatro Sesi Minas - Rua Padre Marinho, 60 - Santa Efigênia - BH. Ingressos: R$60 (inteira) e R$30 (meia). Espero os mineiros lá!

 

No mais, aproveitando que escrevi que farei parte de uma mesa que visa refletir o Humor na Bienal, quero lembrar aos CARIOCAS que, nesse domingo, em Copacabana, rola uma PASSEATA DO HUMOR - um encontro de humoristas que vão formalizar um protesto contr a Lei Eleitoral, que impede a classe cômica de falar livremente dos candidatos dessa nova e enfadonha eleição. O movimento é liderado por um cara sensacional do meio: o Fábio Porchat. Muita gente vai conferir e dar força: o CQC, a galera do Comédia MTV, o Chico Caruso, a turma do Comédia em Pé, o povo do Clube da Comédia e muitos outros nomes de peso (não, não sei se, com isso, o Rogério Morgado vai...).

A propósito, esse lance da restrição à liberdade dos humoristas na cobertura das Eleições 2010, é bem mais importante do que se pensa. Para quem quer entender mais o assunto, recomendo a leitura dos textos do Danilo Gentili sobre o tema e, em seguida, o que o TSE comentou sobre ele. É só dar uma busca na internet e eles tão todos lá. Queria pôr os links aqui, mas qdo faço isso meu blog dá tilti!  

Escrevi um post rápido e simples para o Blog do "Na Pegada" Metropolitana, o programa de rádio que faço com a  Marcela Rocha e a Fabi Ferraz. Por se tratar de um blog para adolescentes, o texto está bem mais jovial e descolado do que costumo escrever... mas acredito na mensagem, e por isso resolvi dividí-lo com vcs, leitores desse Blog. Segue abaixo:    

Recado pra moçada... Olho nas eleições, pessoal! 

Atenção galera... esse pessoal do TSE que tanto quer regular o modo como os humoristas cobrem as Eleições 2010 está prejudicando vcs, eleitores jovens - muitos de vcs em sua primeira experiência de voto livre!

Vcs sabem do que estou falando, não é? Todo mundo tem comentado, tem saído em tudo quanto é lugar: programas de humor precisam seguir uma série de regras ao abordar o tema das Eleições ou falar com candidatos a qualquer um dos cargos da vez, independente de quem seja. Os humoristas não podem mais fazer algumas piadas, as edições dos programas não podem colocar alguns tipos de artes gráficas (como aquelas engraçadas do CQC, com socos e narizes de palhaços) e até os sonoplastas que trabalham na finalização das matérias precisam ficar espertos: qualquer musiquinha mais circense ou brincalhona pode ser encarada como um desrespeito - ou, para usar os termos dos políticos, "uma deturpação dos fatos e uma desmoralização da relevante figura pública de Excelências que atuam em prol do país e das instituições democráticas".

Olha, Político adora falar em Democracia. Mas, em pleno Brasil do século XXI, há algum tempo gozando de uma suada liberdade de expressão advinda de uma briga feia na Ditadura, o que estão fazendo com a comunicação e poder do Humor não tem outro nome: é CENSURA.

Qualquer um de vcs, amigos do NA PEGADA, já sabem o que foi a CENSURA nesse país. Como vcs são muito jovens, não há mal nenhum em perguntar aos seus pais o que foi o AI-5 e o que foram os militares nessa nação, monitorando idéias e expressões. Tá rolando um negócio parecido agora com o Humor, e é bom que vcs saibam que VCS é que são os maiores prejudicados.

Como assim? Alguns de vcs podem fazer essa pergunta... como EU sou o maior prejudicado? Cortez, é vc, o Gentili o Pânico na TV, o Casseta, o Tom Cavalcante e todo o CQC que se ferram com essas restrições... vcs são humoristas, não eu. Eu não tenho nada a ver com isso! Aí que vc se engana, amigo leitor. Olha o que acontece:

- Os programas de Humor são populares, acima de tudo, entre a turma jovem. São vcs e seus amigos que assistem a gente. Os caras do TSE sabem disso.

- Mais ainda, os caras do TSE sabem que muitos de vcs estão votando pela primeira vez... e que, a cada eleição, o número de jovens novos eleitores é cada vez maior. E, sendo vcs o maior público de programas de Humor, eles acham que vcs são influenciados pra dedéu pelos humoristas!

- O problema é que os caras do TSE acham vcs muitos burros... acreditam que vcs não tem senso crítico para distinguir uma PIADA da REALIDADE. Quando vcs assistem o Carioca do Pânico fazendo uma imitação maluca da Dilma, é óbvio que vcs sabem que ele está fazendo uma sacanagem, um EXAGERO, e que vcs não vão sair por aí dizendo que não votam na Dilma por que ela é brava e destemperada como a CARICATURA que o Carioca fez para vcs. Não é?      

- Os caras que querem cortar o nosso barato acham que vcs se influenciam pelas nossas brincadeiras. Esquecem que, além de ver TV e curtir nossos programas, vcs tem aulas legais nas escolas, discutem Política com seus pais e mestres e, não raro, curtem ler os cadernos de Política dos jornais. Ou seja, vcs não são a patotinha alienada e influenciável que eles associam às suas figuras. Vcs tem SENSO CRÍTICO e são muito mais inteligentes do que eles pensam, não é?

As restrições à cobertura eleitoral dos Humoristas são bem chatas para os Humoristas, é verdade. Os caras do TSE tbm estão nos chamando de burros, pq acham que nós não sabemos fazer Humor com responsabilidade e inteligência. Mas, galera, relaxem: a gente sempre dá um jeito de fazer nosso trabalho.

O que não dá é pra VC - sim, VC mesmo, ou VC mesma que está lendo agora esse texto - pensar que esse problema é só da galera do riso, e não seu. É com vc que estão mexendo. Acham que vc não é inteligente e não sabe diferenciar as coisas. Acham que seu voto é sem nenhuma consciência e que vc é influenciável.

Não é de hoje que os caras do poder acham que vc é tonto só pq vc é adolescente. Pq vc não mostra o contrário?

Mãos a obra, galera! Tratem de discutir mais as Eleições... questionem, estudem! E VOTEM DIREITO, CATZO!!!

Um abraço

Rafa Cortez

 

Por fim, para terminar, e atendendo a inúmeros  e estranhos pedidos, segue uma foto minha logo após terem raspado minha cabeça...ou seja, CARECA mesmo! Ainda bem que o meu cabelo já cresceu bastante e eu possa, com isso, ter recuperado parte da minha dignidade.

É isso, pessoal!

Saudações calorosas...

Rafa 

 

Esse sou eu numa cena de "De Tudo Um Pouco" em Vitória, ES, dia 25-07. De bandana. Ou vcs acham mesmo que eu ia mostrar uma foto minha com aquela careca ridícula?

Por Rafael Cortez às 18h51

Sobre o autor

Rafael Cortez, 33 anos, ator, jornalista e violonista.

Já foi redator de texto erótico para celular, produtor de teatro, circo e TV, assessor parlamentar de uma vereadora de São Paulo, atendente de videolocadora, organizador de mais de 60 festinhas infantis e tem DRT de Palhaço. Gosta de Nara Leão, Public Enemy, lasanha e que cocem suas costas com as unhas. Está na TV como um dos repórteres do programa CQC, da Tv Bandeirantes.

Sobre o blog

Espaço para textos reflexivos, ácidos e que busquem alguma inteligência. Local para reflexões artísticas e culturais diversas. Não, aqui você não encontrará fofocas sobre o meio das celebridades. Não, aqui você não verá piadas a todo tempo... Mas se o autor se esforçar, você poderá ler alguma coisa boa. E contribuir comentando com algo melhor...

Histórico